Doença de Coats

Machado_Nivaldo_20010118_20120824_45865-300x229Doença de Coats é uma doença esporádica não-hereditária caracterizada por telangiectasias perifoveais em um olho. Acomete mais frequentemente meninos e é sempre unilateral. Nos estágios iniciais somente vazamento de líquido na retina e telangiectasias são detectados, mas em casos graves avançados há descolamento de retina. O diagnóstico é feito pelo mapeamento de retina e biomicroscopia, enquanto que a angiografia fluoresceínica permite detectar as telangiectasias e edema (inchaço) de retina. O tratamento pode ser feito com fotocoagulação a laser, crioterapia, injeção intravítrea de medicamentos ou cirurgia de retina.