Moscas volantes

figura13-300x240Moscas volantes são manchas vistas em diversas formas que podem aparecer subitamente. Ocorrem por condensação de proteínas do gel intraocular, conhecido como humor vítreo, além da ocorrência da contração e desprendimento natural desse gel. Essas condensações formam sombra na retina, dando a impressão de “moscas” à frente dos olhos, mas na verdade estão dentro do mesmo. Indivíduos com miopia e aquelas com idade mais avançada são mais propícias ao aparecimento das moscas volantes, pois o desprendimento do vítreo se dá mais fácil nesses casos. O aparecimento desse sintoma na maioria das vezes não se trata de um problema grave. Mas eventualmente, em uma região de maior adesão deste com a retina, pode haver uma rasgadura ou descolamento da retina associado, nestes caso uma emergência oftalmológica. Pessoas com moscas volantes devem ser submetidas a exame com especialista em retina para diagnóstico de possíveis rasgaduras na retina e seu tratamento com fotocoagulação a laser. O diagnóstico é feito com mapeamento de retina, retinografia, e ultrassonografia ocular.