Síndrome do olho seco

woman dripping eye with eyes drops

A superfície do olho é lubrificada por uma camada de filme lacrimal que contem água, muco e óleo, além de substancias responsáveis pela defesa de nosso olho contra infecções. Quando há defeito neste filme lacrimal, está instalada a síndrome do olho seco. Um indivíduo com olho seco pode ter vários sintomas, mas o mais comum é a sensação de desconforto nos olhos. Outros sintomas são olho vermelho, coceira, ou dor. As causas de olho seco são muitas, acredita-se que até o ambiente onde o paciente vive e até sua alimentação podem piorar o olho seco. Algumas doenças do corpo podem causar olho seco, como artrite reumatóide, o uso de alguns medicamentos como antidepressivos, o tratamento de transplante de medula óssea e até uso de lentes de contato ou estresse. O diagnóstico de olho seco é realizado examinando o olho com o uso de alguns colírios especiais (fluoresceína, rosa bengala e ou lisamina verde). O tratamento do olho seco depende da causa e de sua gravidade, sendo geralmente realizado com colírios de lagrima artificiais. Em casos mais graves corticóides, antibióticos, óleo de linhaça ou plugs podem ser indicados.